Acusada de plágio Apple paga U$21 milhões para evitar processo

Famosa por promover vários processos por quebra de patentes, Apple também aparece do outro lado da moeda.

Relógio do iPad (à esquerda) ao lado de uma relógio suíço.
Os processos por quebra de patentes tem se tornado cada vez mais comuns em tempos atuais. O processo entre Apple e Samsung é o embate mais divulgado na mídia, mas é apenas um dos vários processos por quebra de patentes movidos pela empresa da maça. Recentemente a Apple firmou um acordo com a HTC, visando por fim a mais uma de suas batalhas judiciais.

Todavia a Apple também se vê acionada por diversos processos envolvendo a marca iPad e iPhone. O último acordo firmado pela empresa de Cupertino foi com uma empresa suíça, para evitar um processo de plágio envolvendo o relógio do iPad no iOS 6, visto na imagem acima.

O acordo foi de U$ 21 milhões (aproximadamente R$ 43 milhões), pagos a SBB, empresa ciadora do modelo do relógio desenhado nos anos de 1940, e que já se tornou um simbolo da empresa.


Google+

Sobre Unknown