Maior acelerador de partículas do mundo - LHC é reativado com o dobro da potência


O maior e mais potente acelerador de partículas do mundo fica na União Europeia e conta com uma estrutura circular de 27 km. O LHC (sigla em inglês para Grande Colisor de Hádros) foi o responsável pela descoberta do Bóson de Higgs em 2012, a chamada "Partícula de Deus".

Depois da descoberta do Bóson de Higgs o LHC foi desligado no início de 2013 para um upgrade, e agora depois de 2 anos o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares - CERN anunciou que o equipamento está de volta à ativa, e com nada menos que duas vezes a potência que foi utilizada para a descoberta da "Partícula de Deus".

O diretor de aceleradores e tecnologia do CERN, Frédérick Bordry, afirmou que "o LHC está em grande forma" e "que o passo mais importante está diante de nós, quando empregaremos energia em níveis recordes". Isso se deve ao fato de que até o fim deste ano e início de 2016 os cientistas consigam fazer circular no LHC feixe de prótons a uma energia de 6,5 TeV (teraelctronvolts), produzindo colisões a uma energia de 13 TeV, números jamais atingidos anteriormente, e que equivale a 99,999999% da velocidade da luz.



A expectativa dos cientistas é de que com a nova capacidade do acelerador de partículas seja possível descobrir elementos sobre a matéria escura, uma elementos desconhecido e invisível, mas que esta´presente no Universo em quantidade 5 vezes maior do que a matéria comum.

O LHC: o projeto custou 8 bilhões de dólares e demorou mais de 20 para ser idealizado, e está situado cerca de 30 andares abaixo abaixo da superfície, abrangendo territórios da Suíça e da França.



O equipamento é formado por grandes ímãs que aceleram partículas para se colidirem e liberarem partículas ainda menores e composição da matéria. A potência armazenada é equivalente a um porta-aviões viajando a 43 km/h, ou de um avião Airbus 380 viajando a 700 km/h.

Google+

Sobre Flávio Prado

Entusiasta de tecnologia e fundador dos sites www.tech4fan.com.br e www.samsungdiscovery.com e também colaborador do TecheNet.com. Tem grande interesse nas áreas mobile e de computação pessoal.