Astrônomos descobrem planeta anão a 15,5 bilhões de km da Terra


O espaço continua sendo um lugar misterioso e proporcionando sempre novas descobertas. Desta vez o  telescópio japonês Subaru permitiu observar, pela primeira vez, um planeta anão situado a nada menos do que 15,5 bilhões de quilômetros de distância da Terra. 

Como estamos falando de astronomia, há que se recorrer à ciência para dizer com rigor que foi identificado o objeto mais distante do Sistema Solar, que se crê gelado, cerca de três vezes mais longe que Plutão.

Catalogado com o nome de V774104 pela equipe de astrônomos da Carnegie Institution for Science, em Washington, e do Observatório Gemini, no Havai, terá, os cientistas terão agora que observar o planeta durante um ano para determinar a forma e tamanho da órbita em torno do Sol.

Até agora, o objeto de mais distante observado dentro do Sistema Solar pertencia ao planeta anão Eris, que se move numa órbita localizada entre 5,7 bilhões e 14,6 bilhões de quilômetros do sol.
Via G1

Google+

Sobre Flávio Prado

Entusiasta de tecnologia e fundador dos sites www.tech4fan.com.br e www.samsungdiscovery.com e também colaborador do TecheNet.com. Tem grande interesse nas áreas mobile e de computação pessoal.