Lenovo anuncia o fim da marca Motorola


Na era dos smartphones durante um bom tempo somente empresas como Apple e Samsung davam as cartas, e até hoje são as duas principais empresas deste setor. Empresas como a Sony e LG também passaram a produzir uma boa game de aparelhos neste seguimento.

A Motorola por sua vez seguia tímida no mercado, isso até ser adquirida pelo Google e dar início a uma era de smartphones com excelente custo benefício como o Moto E, Moto G e Moto X. Posteriormente a empresa foi adquirida pela Lenovo em 2014, e lançou uma nova leva de aparelhos top de linha com características incríveis como o Moto Maxx e o Moto X Force.

Diante disso parecia que a marca Motorola estava mesmo se consolidando como um das principais representantes do universo Android, sendo uma empresa que fornece atualizações muita rápida para seus aparelhos.

A surpresa veio durante a CES 2016, quando um dos executivos da Lenovo afirmou que a marca Motorola será retirada progressivamente do mercado. Isso não significa que a linha de Moto está morta, sendo que os aparelhos ainda continuarão em produção nos próximos anos, carregando o icônico “M” estilizado na Motorola em suas carcaças. No entanto, esses dispositivos também passarão a carregar a marca e os símbolos característicos da Lenovo, e sob uma nova marca chamada de "Moto by Lenovo".



A intenção é clara: a Lenovo quer atrair todo o reconhecimento e o peso da marca Motorola para a sua própria marca, arrastando junto a grande base de fãs dos aparelhos da linha Moto. Isso porque a Lenovo não tem tanto peso no mercado mobile quando a marca Motorola, embora seja muito reconhecida quando o assunto são computadores. Quando a Lenovo adquiriu a empresa do Google estava claro que ela pretendia expandir a sua participação no aquecido mercado de smartphones, e agora parece acreditar que a unificação das marcas pode lhe trazer maiores resultados.

Do ponto de vista do consumidor, este terá a sua disposição aparelhos desenvolvidos pela mesma equipe, porém com uma logo diferente. Do ponto de vista da Lenovo, este parece ser um bom marketing, porém querer retirar do mercado uma marca tão tradicional quanto a Motorola para acabar rachando a base de fãs da empresa.

E aí, você acha que os aparelhos Motorola perderão qualidade com a mudança?

Google+

Sobre Flávio Prado

Entusiasta de tecnologia e fundador dos sites www.tech4fan.com.br e www.samsungdiscovery.com e também colaborador do TecheNet.com. Tem grande interesse nas áreas mobile e de computação pessoal.